Qualquer bom administrador do setor hoteleiro já sabe: fazer uma gestão eficiente, que melhore os resultados do negócio, sem usar um bom software para hotel é impossível. 

No entanto, na hora de escolher o PMS do empreendimento a maioria dos gestores ainda tem muitas dúvidas sobre quais características devem ser observadas antes de contratar um sistema. Pensando nisso, neste artigo nós selecionamos 4 pontos que devem estar no checklist para decisão de qual software instalar no seu hotel. Confira!

1. Escolha um sistema web

A primeira característica que você deve observar ao escolher um PMS é se ele é um sistema web. Um software online para hotel oferece diversas vantagens, dentre elas: pode ser acessado de fora do hotel, basta ter conexão com a internet, e é mais fácil e rápido de implantar, pois não requer longos períodos de instalação e nem equipamentos robustos.

Um sistema web para gestão de hotel garante que você possa controlar seu negócio com facilidade, independentemente da hora e lugar onde você estiver.  

2. Não abra mão de funcionalidades para controle financeiro

A gestão financeira é parte fundamental da administração de um hotel, por isso, seu PMS deve ter entre as funcionalidade recursos que facilitem o controle dessa área do negócio.

Software para hotel: mão de duas pessoas sobre mesa com relatórios, calculadora e óculos

Um software para hotel com o módulo de gestão financeira diminui falhas de registro, agiliza processo, aumenta o controle e garante a apresentação de dados e informações precisas, o que ajuda na tomada de decisões estratégicas. 

3. Prefira um software para hotel que facilite a vida do hóspede 

Um dos principais objetivos de usar um software para hotel é que ele facilite as operações do negócio, ajudando a equipe de profissionais a ser mais produtiva. 

Software para hotel: pessoa fazendo check-in em posto de autoatendimento de hotel

Mas além de otimizar os processos para quem trabalha no hotel, é muito importante que o sistema de gestão também facilite a vida dos hóspedes. PMSs com funcionalidades como check-in easy e check-in e o check-ou web, com notificação pelo WhatsApp, por exemplo, ajudam a tornar a experiência de hospedagem em seu hotel muito mais agradável. 

4. Considere a qualidade do suporte técnico oferecido

Não é incomum enfrentar problemas com suporte técnicos de serviços e produtos. Por isso, durante a escolha do software de hotel que será usado no seu empreendimento é essencial analisar bem como é o atendimento de assistência oferecido: ele funciona 24h por dia nos 365 dias do ano? O suporte é prestado por equipe especializada? 

Essas são questões importantes. Afinal, uma queda de sistema que demore a ser resolvida pode trazer diversos problemas para o seu hotel. Agora que você viu 4 pontos que devem ser considerados na contratação de um software para hotel, faça um test drive grátis do PMS da Bitz Softwares e conheça todas as funcionalidades do nosso PMS, sistema que foi desenvolvido pensando nas necessidades do setor hoteleiro.