Num ano de grandes desafios, mais empreendedores aderiram à ideia de que toda empresa é uma empresa de tecnologia. Com isto em mente, as tendências digitais na indústria hoteleira prometem mais do que trazer novidades. Confira!

Em resposta à pandemia, lideranças digitais iniciaram uma nova era de transformação exponencial. Reconhecendo que liderança demanda foco em tecnologia, as empresas de vanguarda deram prioridade à inovação tecnológica.

Visão geral das tendências digitais na indústria hoteleira

Com o passar do tempo, empresas estão aprendendo a dominar a mudança e estão se posicionando para liderar o futuro. Assim, após as enormes rupturas causadas pela crise da COVID-19 em 2020, as empresas do ramo procuram retomar o curso e, mais importante, construir seu futuro.

Desta forma, o ano passado colocou à prova normas antigas sobre como empresas operam e como as pessoas vivem. Contudo, elas olharam para suas operações e viram cadeias de suprimentos frágeis, fontes de informação não confiáveis e novas necessidades dos clientes.

Com isto, à medida que se ajustavam a essas realidades, as mais bem-sucedidas tornaram-se lideranças da mudança. Assim, ficou claro que não há liderança sem o domínio da tecnologia. Além disso, a recente e rápida aceleração digital tornou tecnologia a pedra angular da liderança global.

As empresas também aprenderam que os líderes não esperam pelo “novo normal“. Por exemplo, eles sabem que eles próprios o constroem. Hoje, grandes mudanças requerem liderança ousada – e prioridade tecnológica. Portanto, não se trata apenas de consertar a empresa, é preciso derrubar convenções e criar uma nova visão para o futuro.

Quais são as tendências digitais na indústria hoteleira

Nesse futuro, os hotéis estão prontos para ter um super impacto sobre o mundo ao redor. Além disso, o sucesso financeiro será apenas uma métrica da liderança.

Portanto, trata-se de um momento único para reconstruir o mundo melhor do que era antes da pandemia. Isso significa ampliar nossa definição de valor para incluir quão bem as pessoas prosperam, o impacto sobre o meio ambiente, a crescente inclusão social e mais – ESG.

Em resposta à pandemia da COVID-19, as empresas de todo mundo fizeram rápidas transformações digitais. Assim, estas mudanças e a súbita chegada de novas tecnologias levaram a uma nova era dos negócios.

Os hotéis, têm hoje mais opções de tecnologia do que nunca. Da distribuição e implementação de cloud (sistemas em nuvem), passando por diferentes modelos de IA e uma ampla gama de dispositivos de ponta.

Digital twins

São representações ou simulações de entidades ou sistemas do mundo real. Quando os digital twins foram adotados inicialmente, o argumento era a habilidade para monitorar, simular e agilizar os dados de diferentes dispositivos.

Entretanto, a profusão dos modelos, o aumento do uso e a ampliação da adoção da IA transformaram esta equação. Assim, começam a conectar grandes redes interligando digital twins para criar modelos vivos de empresas inteiras, ciclos de vida de produtos, portos e cidades, criando um mundo espelhado.

Democratização da tecnologia

Um inegável deslocamento rumo à tecnologia democratizada está em curso. Com isso, poderosas capacidades tecnológicas são colocadas à disposição das pessoas, geralmente sem altos perfis especializados.

Além disso, tecnologia democratizada permite as pessoas a otimizarem seu trabalho ou resolverem problemas sozinhas. Portanto, não se trata apenas de dar acesso a novas ferramentas. As empresas precisam ensinar os colaboradores a pensarem como tecnólogos. Isto não quer dizer transformar todos em engenheiros, mas torná-los capazes de resolver problemas por meio da tecnologia

Anywhere, de qualquer lugar, em toda parte

Após a pandemia, ninguém voltará a trabalhar do jeito anterior. Empresas e empregados movem-se em direção a um novo futuro, um em que o trabalho possa ser executado de qualquer lugar.

Mas, o que é isso em termos práticos? Lembra-se de quando as empresas deixavam os funcionários trazerem seus próprios laptops ou celulares para o trabalho?

Assim, com novas políticas e novas soluções técnicas, permitiu-se a flexibilidade e diminuiu-se o risco de equipamentos que não estivessem sob seu controle. Isso deu aos empregados uma experiência de trabalho melhor e fez as companhias economizarem.

Depois da pandemia, o trabalho do tipo “traga seu próprio ambiente”, não estará limitado aos lares. Na verdade, dará às pessoas liberdade para trabalhar de qualquer lugar – seja em casa, no escritório, no hotel, no aeroporto ou qualquer outro lugar.

De mim para nós

Uma trilha de sistemas multidisciplinares no meio do caos. Sim, sistemas multidisciplinares que compartilham dados entre indivíduos e organizações, entre hostel, hotel, motel e restaurantes, impulsionando eficiência e implantando novos modelos de negócio e de receitas.

Assim, em muitas áreas, elas deslocaram-se de empreendimentos ambiciosos para soluções desesperadamente necessárias. Por isso, à medida que se evolui depois da COVID-19, elas não deverão repetir os erros do passado. Portanto, agora encara-se um enorme imperativo de forjar uma resiliência, adaptável e confiável para parcerias atuais e futuras.

Confie nas tendências digitais na indústria hoteleira

Um novo futuro está no horizonte. Na verdade, um que é diferente do que todos esperavam. À medida que ele toma forma, não haverá espaço para apegos ao passado.

Você ficará assistindo à mudança à sua volta? As pessoas estão prontas para algo novo; é hora de se juntar a elas. Que venha a mudança.

Você quer mais dicas para expandir seus negócios? A Bitz é uma plataforma de conhecimento para a indústria de hospitalidade. Os profissionais usam nossos insights, estratégias e dicas práticas para se inspirar, otimizar a receita, inovar processos e melhorar a experiência do cliente.

Veja também

Deixe um comentário