Na era digital, a tecnologia está em toda parte. A segurança de dados é ainda um desafio. As pessoas podem se conectar à sua empresa, seus funcionários, clientes, provedores e concorrentes por meio de laptops e smartphones. Assim, veremos como se pode contar com tecnologia conectada para operações seguras de sistemas, serviços e gestão.

Segurança de dados cibernéticos na indústria hoteleira

A era digital dos dados onipresentes, de tudo e todos online, a maior conectividade, perímetros porosos e drivers externos.

Na verdade, com o aumento da confiança, vem o aumento do risco, muitos dos quais estão fora do controle da empresa.

E quais são os riscos de segurança de dados e privacidade no setor hoteleiro?

1. Os níveis de conscientização sobre questões de segurança de dados e privacidade estão aumentando

A simples verdade é que os problemas de segurança de dados e privacidade são uma grande notícia. Além disso, o interesse por notícias impulsiona os níveis de conscientização.

Por isso, o público, além de legisladores, reguladores e juízes, têm uma visão dos riscos. Desta forma, essas pessoas fornecem “escrutínio adverso” às entidades quando as coisas dão errado e estão totalmente cientes do fato de que algumas poderosas entidades do mundo foram processadas por abordagens inadequadas.

Assim, os níveis de conscientização estão indo apenas para um lado e estamos nos aproximando rapidamente de um ponto de inflexão. No entanto, quando as entidades percebem que não têm escolha, terão que fazer muito mais para enfrentar os riscos de segurança de dados que enfrentam. Na verdade, devem cumprir as expectativas que a sociedade coloca nelas.

Se for considerada a lista de seleção completa de entidades que foram processadas publicamente, a conclusão parece óbvia: as questões de segurança e privacidade não estão recebendo a prioridade que merecem.

2. Os hotéis já estão em destaque devido a violações de alto perfil

2020-21 foram anos muito ruim para a indústria hoteleira em todo o mundo. A segurança cibernética e de dados ganhou destaque como uma área de grande risco. Por exemplo, devido a uma série de violações de alto perfil que afetam os cartões de pagamento.

Olhando para isso do lado do cliente, os especialistas em segurança agora estão aconselhando os viajantes a ficarem em alerta elevado ao se hospedarem. Na verdade, os hotéis foram impulsionados para a vanguarda do velho marketing, e é inevitável que isso se traduza em mais problemas legais e regulamentares ao longo do tempo (para quem não trabalha com o novo marketing digital).

3. Confiança, segurança e marca colocadas em risco

Problemas legais e regulatórios trazem sua própria gama especial de questões. Por isso, brigar com reguladores e juízes é a última coisa de que as empresas precisam.

Porém, os problemas legais e regulatórios são apenas um dos arcos das consequências da falta de segurança e privacidade. As empresas precisam pensar sobre confiança, segurança e saúde e reputação da marca.

Assim, esses pontos são comumente compreendidos por todos. Porém, alguns empresários apontam para o compartilhar de dados, mesmo após grandes problemas de segurança e privacidade terem sido noticiados.

Esse é um lugar perigoso para ir, porque a resposta clássica à imperfeição do mercado é a expansão da regulamentação.

A confiança no mercado, a segurança cibernética e a crise mundial na saúde podem operar em um período de tempo indefinido. Assim, a ausência de volatilidade na confiança no mercado e nos preços não significa que estejam sendo corroídas.

Se isso for verdade, então a lógica aponta, talvez, para uma convergência no futuro da erosão de valores e confianças. Em outras palavras, sofrer falha de segurança e privacidade pode ser como uma crise, em que o dano fica oculto até que seja tarde demais. Isso retorna o foco para o risco legal.

4. Os riscos legais são significativos

Recentemente, a UE adotou o Regulamento Geral de Proteção de Dados (GDPR). Na verdade, este é um marco legislativo que ainda mudará radicalmente nossas percepções sobre como os dados pessoais devem ser tratados nos negócios.

Além disso, o GDPR também terá efeito global e não se trata apenas de legislar dentro das fronteiras da Europa. A discussão já chegou aqui no Brasil.

Desta forma, o objetivo do GDPR é colocar as pessoas de volta no controle de suas informações pessoais e melhorar a forma como as entidades cuidam delas enquanto elas estão sob sua custódia.

5. Os hotéis precisam de uma visão de segurança de dados e privacidade

A segurança e a privacidade são muito mais do que conformidade e risco. Assim, há também o interesse econômico em obter vantagens comerciais com o uso de dados pessoais.

Na verdade, obter melhores percepções sobre o cliente e fornecer-lhes serviços personalizados são agora reconhecidos por muitos na indústria hoteleira como objetivos de negócios centrais.

Por isso, a fim de reunir adequadamente os interesses de vantagem econômica, gestão de risco e cumprimento de obrigações legais, as entidades precisam desenvolver uma visão apropriada para o objetivo final desejado.

Essa visão levará em consideração as “características especiais” da entidade e os pontos de vista de todos os stakeholders necessários. Contudo, uma vez que a visão foi definida, uma estratégia deve ser desenvolvida e estruturas apropriadas podem ser postas em prática.

Por exemplo, quando as lições de falha são examinadas, torna-se óbvio que a ausência de uma visão apropriada é a causa raiz.

O futuro da segurança de dados

As pessoas responsáveis ​​pela segurança de dados e privacidade em hotéis devem se perguntar se suas entidades têm visões apropriadas para os objetivos finais desejados. Caso contrário, eles devem reunir as partes interessadas para discutir maneiras de levar as coisas adiante.

Somos uma comunidade de solucionadores que combina engenhosidade humana, experiência e inovação tecnológica para entregar resultados sustentáveis ​​e construir confiança.

E você? Está pronto para um novo mundo onde as informações bem coletadas valem ouro? Saiba mais através de nossos artigos sobre o setor de hotelaria. Você não encontrará conteúdo mais especifico do que estes em nenhum blog!

Veja também

Deixe um comentário