O mundo hoje está passando por uma grande mudança principalmente relacionada à tomada de decisões e ao poder de compra dos consumidores. E isto, está mudando a indústria da hotelaria. Da mesma forma, a única maneira de estar por cima é se preparar para essas mudanças inevitáveis. Então, o que está por vir para a hotelaria em 2021 e 2022? Nós vamos te mostrar neste artigo sobre hotel sustentável!

Sustentabilidade na hotelaria

Falar em sustentabilidade hoje, é muito mais do que a simples gestão ambiental. Mas sim, uma perspectiva de longo prazo para o desenvolvimento social. 

>>> As preocupações sociais como a ESG – traduzido do inglês como “Governança Ambiental, Social e Corporativa”, se referem aos três fatores centrais na medição da sustentabilidade e do impacto social. Portanto, ajudam a determinar melhor o desempenho financeiro futuro, também da hotelaria, que é diretamente atingido.

Em outras palavras, um hotel sustentável significa não apenas ser lucrativo, mas também ter bom senso comercial. Hoje em dia, cada vez mais clientes estão dispostos a recompensar empresas consideradas sustentáveis ​​comprando produtos e serviços delas. Além disso, governos e agências internacionais vem oferecendo recompensas fiscais e outros incentivos para promover essa causa. 

Vejamos a seguir alguns conceitos importantes!

O Conceito de Going Green no hotel sustentável

Traduzindo, “hotéis ficando verdes”. São as práticas de um hotel sustentável e ecológico que são adotadas para essa perspectiva. Temos aqui alguns exemplos:

Economia de energia e água

Todavia, em hotéis, hoje pode-se reduzir muito o consumo de energia e água. O que significa diretamente custos operacionais mais baixos para a empresa. Por exemplo, simplesmente trocar as lâmpadas incandescentes padrão por lâmpadas LED de alta eficiência pode ajudar a economizar em custos a longo prazo. 

Da mesma forma, no conceito de hotel verde, a redução do consumo de água, muitos hotéis estão implementando programas de conservação. Como assim? Instalando:

  • torneiras de baixo fluxo;
  • chuveiros aerados;
  • programa de educação de funcionários;
  • reutilização de toalhas;
  • instalação de equipamentos de lavanderia que economizam água
  • e outras melhorias de conservação.

As 10 tendências de práticas sustentáveis no setor de hospitalidade

Enquanto isso, a conscientização no nível social, consequência da mudança de valores nas fases mais agudas da pandemia, trouxeram novos padrões de referência na hotelaria. Acima de tudo, mostraremos a você as tendências recentes:

1. Experiências digitais

Hoje, os aplicativos em particular, são cada vez mais importantes na maneira como os hotéis gerenciam os serviços que fornecem aos clientes. Em outras palavras, podem agora, controlar muitos aspectos do ciclo e da experiência do hóspede.

Além disso, também nem é preciso dizer que a tendência da tecnologia ganhou um novo impulso em 2020, por conta da pandemia. De forma tradicional, os serviços voltados para o cliente estão passando por uma reformulação radical. Isso, graças ao uso mais difundido de tecnologia, como check-in móvel e pagamentos sem contato de cartão, controle de voz e biometria.

2. Personalização

Os hóspedes esperam ser reconhecidos e tratados de forma cada vez mais humana e menos como números. Assim, Ferramentas como emissores de email marketing e apps acessíveis ao público, garantem comunicações específicas para o público-alvo. 

Na verdade, isso vai muito além de simplesmente adicionar o nome do cliente à mala direta. Mas sim, tais dados fornecem uma visão dos hábitos de compra, conhecendo a jornada do cliente. Assim, isso permite que os hotéis personalizem suas ofertas e promoções.

3. Experiência única 

Hoje, os clientes solicitam uma personalização única, individual e assim por diante. Da mesma forma, os viajantes estão cada vez mais buscando demonstrações de preferências para gastar com sabedoria e propósito. 

Assim, experiências únicas podem retribuir à sociedade formas significativas que estão em demanda.

4. Hóspedes independentes

Na era da atenção plena, muitos abraçam o valor de estar sozinho e ter sua independência. Na verdade, saindo um pouco daquele padrão de férias em família. Muitos estão a trabalho, outros procuram um final de semana apenas, e ainda outros, preferem dar continuidade à sua independência.

Aventurar-se no mundo, interagindo e fazendo amigos em qualquer grau que seja adequado. Desta forma, deve ser percebido como uma nova tendência para os próximos anos. As barreiras entre o hotel sustentável e os hóspedes ficam mais reduzidas. Isso gera uma reforma econômica no design, na simplicidade, na atmosfera informal.

5. Gerações X e Y

As novas gerações têm requisitos e necessidades diferentes em comparação com as gerações anteriores. Enquanto que, os mais velhos buscavam referências em hotéis para a família e no ócio do desperdício, agora, as mais novas utilizam  o Airbnb e Uber. Isso, além de serem motivadoras e ativistas sobre causas sociais. 

6. Automação e tecnologia interna

Da mesma forma, essa categoria trata dos desenvolvimentos tecnológicos que “terceirizam” tarefas braçais e usam big data para otimizar processos. Por exemplo, hoje, os apps provaram ser um recurso de serviço ao cliente durante o processo de reserva e em resposta às perguntas recorrentes sobre as medidas de proteção relativas ao COVID-19. Além disso, o uso de sistemas de gestão que monitoram e otimizam receitas, são soluções baseadas em nuvem que são especialmente procuradas. 

7. Individualização e não padronização 

Agora, em um mundo novo, padronização não pode mais ser a norma. Personalizar e adequar os serviços às necessidades e preferências dos hóspedes destas novas gerações requer trazer estes valores desses nichos de mercado. Ou seja, mais personalização do que padronização, para grandes públicos. 

8. Responsabilidade social 

Como vimos, a ESG é uma obrigação moral e econômica. O impacto do aquecimento global pode hoje ser considerado um grande risco para as empresas. Elas podem perder receitas e lucros e para a sociedade como um todo. Portanto, é fundamental para os governos, porém, ainda mais para as empresas se tornarem mais sustentáveis.

Em outras palavras, um hotel sustentável, não apenas verde, mas com um modelo de negócio realmente sustentável e comprometido.

9. Modelo mais responsivo

Desenvolver um modelo de negócio mais responsivo significa abraçar o turismo, mesmo sujeito a crises. Todavia, enquanto os hotéis têm desempenhado o seu papel no apoio ao distanciamento na pandemia, demonstraram sua força nas aplicações. Além disso, a transformação de seus espaços cada vez mais se mostram alternativos para aqueles que preferem sair do escritório e trabalhar fora. 

10. Sustentabilidade e hotel sustentável

Por último, mas não menos importante, a tendência da hospitalidade que é atual e a marca registrada dos últimos anos: a “sustentabilidade”. O hotel sustentável.

Da mesma forma, a eliminação do consumo desnecessário são considerações éticas e ambientais mais abrangentes que estão moldando as decisões tomadas de forma positiva. Por exemplo, práticas tão simples têm repercussões desproporcionais quando implementadas em escala. 

Como as pessoas estão se tornando cada vez mais sensíveis às questões ambientais e sociais, os consumidores estão bem cientes de que certas fachadas existem. Porém, querem ter certeza.

A importância do hotel sustentável

Hoje em dia, é fundamental que um hotel sustentável adote realmente práticas mais ecológicas. Isso, para que seu negócio se mantenha competitivo. Desta forma, atraindo mais viajantes, economizando dinheiro e fazendo sua parte para proteger o planeta. 

Na redução, por exemplo, do consumo de energia, pode-se aprimorar a experiência do hóspede fazendo apenas algumas mudanças simples, como:

  • luzes LED de longa duração;
  • instalação de claraboias nas áreas comuns;
  • equipamentos econômicos de cozinha;
  • lavanderia
  • ar-condicionado
  • sistemas de aquecimento solar de água.

Além disso, algumas comodidades do quarto, como xampu, sabonete, loção e café, podem causar estragos no meio ambiente. Pense em mudar para produtos de higiene pessoal naturais e orgânicos em embalagens biodegradáveis. Programas de reaproveitamento de roupa de cama são outra ótima ideia em termos de redução do desperdício de água e energia. 

A substituição de suprimentos de limpeza convencionais por produtos de limpeza verdes pode ajudar o hotel a oferecer um ambiente mais seguro e natural para os viajantes. Da mesma forma, e quando hóspedes preocupados com o meio ambiente procuram um hotel, eles querem ter certeza de que podem comer o que é saudável. Por isso, oferecer comida local e orgânica é uma ótima maneira de garantir que seus convidados comam refeições frescas e deliciosas.

Desta forma, implementar apenas alguns desses esforços de boas práticas ecológicas para seu hotel sustentável, ajudará sua empresa a se manter competitiva, economizar dinheiro e reduzir seu impacto negativo no meio ambiente.

Precisa de mais recursos e informações para a indústria de hotelaria e turismo? O seu hotel pretende atingir algum dos marcos mencionados neste blog? Comente e compartilhe nas suas redes sociais!

Veja também

Deixe um comentário